quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Lembranças


Esse poema ou semi-poema (sei lá!), eu escrevi como uma tarefa para uma das disciplinas da faculdade. É um texto que fala sobre minha irmã caçula, Glaucia, que faleceu ainda bebê, quando eu era pequena. Procurei muito e, finalmente, encontrei. Espero que gostem!!!

Não verei mais
Seus pequenos olhos infantis
Tão angelicais!
Não verei mais
Seu rosto redondo em forma de coração.
Não verei mais
Sua boca vermelha como morangos frescos
Que não pôde, ao menos, dar-me seu primeiro sorriso.
Não ouvirei mais
Seu choro lacrimoso de insatisfação;
Um som que trazia contentamente; sabia que era vida que pedias.
Não sentirei mais
Seu abraço leve e quente junto ao meeu.
Não esquecerei mais
O amor que trouxeste a todos.
Não esquecerei jamais
Que trouxe uma gota de felicidade para nossa família.

2 comentários:

  1. Muito Lindo, Parabens Soube Mostrar a Beleza do Sentimento Que Voce Sentia!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Imensa saudade...

    É muito bom lembrar de nossos entes queridos.

    ResponderExcluir